quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Vendedora ambulante acusa a Guarda Municipal de perseguição


Na manhã desta quarta-feira, dia 19 de setembro a senhora Amanda, vendedora ambulante procurou a nossa reportagem para fazer uma denúncia. Segundo ela há 5 meses vem sendo perseguida por guardas municipais que lhe obrigam a retirar o carrinho que ela trabalha nas ruas de Jequié vendendo uvas e morangos, para sustento da família.  A senhora Amanda declarou indignada: “fique sabendo que foi o comandante da Guarda Municipal que mandou retirar o meu carrinho. Será que eles querem que eu vá roubar?” perguntou desesperada a vendedora.   

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário